Breve Manual de Conservadorismo – Russell Kirk

Breve Manual de Conservadorismo - Russell KirkO Breve Manual de Conservadorismo é uma síntese disruptiva, vigorosa e sarcástica do que realmente significa ser conservador. Russell Kirk escreveu este livro como uma introdução acessível às ideias conservadoras, e nele visou todos os públicos, mesmo aqueles mais jovens ou menos experientes.

Embora o movimento conservador moderno tenha começado com Russell Kirk, em 1953, hoje, porém, se encontra contestado por todos os lados e fragmentado em diversas frentes e opiniões divergentes, de maneira que ninguém parece saber dizer com confiança o que significa ser conservador.

Em doze capítulos curtos, mas profundos e instigantes, e com uma introdução escrita pelo eminente historiador e intelectual Wilfred M. McClay, você irá aprender a visão conservadora sobre governo, família, propriedade privada, educação e outras áreas.

Esse livro, tão atual e profético hoje quanto na época de sua publicação, chega em tempo propício como um lembrete de como ninguém ainda conseguiu superar Russell Kirk na prática de empregar o intelecto e a imaginação em prol das ideias conservadoras ― tarefa essencial na reconstrução de nossa civilização.

Sobre o autor

Mestre em História pela Duke University e Ph.D. em Letras pela University of St. Andrews (Escócia), foi um dos mais influentes intelectuais públicos americanos do século XX. Professor catedrático da Michigan State University, pediu demissão, por se desapontar com o estado do ensino acadêmico. Escreveu 29 livros, recebeu doze doutorados honoris causa e foi o único intelectual a receber a Presidential Citizen’s Medal for Distinguished Service to the United States, do presidente Ronald Reagan. Assinou colunas em diversos jornais dos EUA, além de ter fundado e editado algumas revistas, entre elas a National Review. Foi distinguished fellow da Heritage Foundation. Elaborador dos célebres “dez princípios conservadores”, que constam da obra A Política da Prudência, é considerado o fundador do conservadorismo contemporâneo. Foi amigo do poeta T. S. Eliot. Também escreveu obras de ficção.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *