Tremendas Trivialidades – G. K. Chesterton

Tremendas Trivialidades - G. K. ChestertonTremendas Trivialidades reúne 39 crônicas do grande G. K. Chesterton que buscam mostrar ao leitor que não existem coisas desprovidas de interesse, triviais, mas apenas pessoas que não se interessam suficientemente por elas. O livro é um convite ao leitor para ver nas pequenas coisas não a sua beleza, mas sua grandeza.

De fato, “A grandeza das pequenas coisas” bem poderia ser o título do livro. Chesterton estende sua lupa de investigador da alma humana em busca da unidade por trás da multiplicidade de episódios cotidianos, nos mostrando que seu mundo é ainda maior e mais admirável.

Sobre o autor

Gilbert Keith Chesterton foi um jornalista e escritor Inglês, nascido em Londres em 29 de Maio de 1874. Foi educado na escola de St. Paul e em seguida ingressou na Slade School of London para estudar artes. A sua família era Anglicana, mas em 1922 Chesterton se converteu ao Catolicismo por influência do escritor Hilaire Belloc com quem mantinha grande amizade.

Sua obra mais conhecida do público é Ortodoxia na qual faz uma apologia impressionante do Cristianismo contra linhas de pensamento modernistas como o cientificismo, o ateísmo, o reducionismo, o determinismo e o relativismo. A sua retórica chama a atenção pela clareza e precisão nos argumentos, sendo fonte de inspiração para muitos pensadores e autores Cristãos. Outro livro apologético de grande importância é Hereges.

Chesterton também ficou conhecido em sua época pelos debates com George Bernard Shaw, H. G. Wells, Bertrand Russell e Clarence Darrow, nos quais sua lógica de pensamento e bom humor conquistavam o público.

Faleceu em 14 de Junho de 1936, deixando todos os seus bens para a Igreja Católica.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *