Uma História Desagradável – Fiódor Dostoiévski

Uma História Desagradável - Fiódor DostoiévskiUma história desagradável narra como o alto funcionário Ivan Ilitch Pralínski, após algumas taças de champanhe, decide coroar seu recém-desperto amor pela humanidade com um gesto magnânimo e paternal: entrar de penetra na festa de casamento de Pseldonímov, um de seus mais baixos subordinados, e conquistar a todos ali “de forma irresistível”, fazendo “renascer neles toda a nobreza”.

Publicada em 1862 na revista O Tempo, esta obra-prima da narrativa curta, contemporânea a Humilhados e ofendidos (1861) e Recordações da casa dos mortos (1862), faz parte da produção de um Dostoiévski recém-saído da prisão e que marca sua presença no principal debate da época – o conjunto de reformas que trouxe a libertação dos servos, e o clima de ingênuo otimismo que então se espalhava por parte da sociedade.

Sobre o autor

Fiódor Mikháilovitch Dostoiévski nasceu em Moscou a 30 de outubro de 1821, e estreou na literatura com Gente pobre, em 1844. Após ser preso e condenado à morte pelo regime czarista em 1849, teve sua pena comutada para quatro anos de trabalhos forçados na Sibéria, experiência retratada em Recordações da casa dos mortos (1861). Após esse período, escreve uma sequência de grandes romances, como Crime e castigo e O idiota, culminando com a publicação de Os irmãos Karamazov em 1880. Reconhecido como um dos maiores autores de todos os tempos, Dostoiévski morreu em São Petersburgo, a 28 de janeiro de 1881.

Veja Também

Compartilhe

Comentários

Nenhum Comentário Ainda

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *