Surpreendido pela alegria – C. S. Lewis

Surpreendido pela alegria – C. S. LewisC. S. Lewis tornou-se, na segunda metade do século XX, um dos grandes nomes do cristianismo moderno. Os que leem suas profundas reflexões e robustas argumentações acerca da fé cristã podem não imaginar que, um dia, ele já se considerou “o mais deprimido e relutante convertido de toda a Inglaterra”. Antes de ser um grande apologista cristão, Lewis foi uma criança imaginativa; um jovem questionador; um soldado ateu; um acadêmico teísta. Ao contrário do que esperava, sua contínua busca pela alegria o levou por caminhos estreitos, que ele ainda não compreendia inteiramente. É esta jornada que o autor, com sua habitual perspicácia e honestidade, narra em Surpreendido pela alegria, partindo de seus anos de infância até chegar ao transformador momento em que, relutantemente, ajoelha-se perante Deus.

Sobre o autor

C. S. Lewis foi o célebre criador d’As Crônicas de Nárnia e apologista autor do clássico Cristianismo Puro e Simples foi também um importante acadêmico. Professor em Oxford e Cambridge, conhecia em profundidade a literatura inglesa medieval e renascentista. Foi grande amigo de J. R. R. Tolkien, autor d’O Senhor dos Anéis, e também se relacionou com T. S. Eliot, G. K. Chesterton e Owen Barfield. Influenciou personalidades como a primeira-ministra do Reino Unido Margareth Thatcher e foi interpretado no cinema por Anthony Hopkins, no filme Shadowlands.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *