Platão Educador – Julius Stenzel

Platão Educador - Julius Stenzel Grandes estudiosos ocuparam-se de Platão sem terem sido capazes de transcender suas pesquisas biográficas e textuais, muitas vezes fundamentais, para uma interpretação profunda e pessoal do pensamento platônico.

Outras vezes, o filósofo foi analisado e discutido por homens altamente preparados e de mentalidade teorética, mas incapazes de se defrontar com os textos originais, inconscientes dos problemas que só poderiam ser resolvidos no terreno histórico-filológico.

Stenzel teve o mérito de estudar o pensamento platônico no nexo vivo que tem com os aspectos educativo, gnosiológico e metafísico, tornando-se, assim, um dos poucos verdadeiramente capazes de compreender certos pontos essenciais e a mentalidade em geral do último Platão.

Sobre o autor

Julius Augustus Henricus Stenzel nasceu em 1883 na Polônia, em Breslávia. Estudou filologia clássica e doutorou-se em 1908, e no ano seguinte começou a lecionar na Escola Real de Gramática. Durante a I Guerra Mundial prestou serviço como operador de rádio, entre 1916 e 1918, e foi digno de uma Cruz de Ferro de 2ª classe. A partir de 1923 passou também a lecionar filosofia na Universidade de Breslávia. Em 1925, deixou a Polônia e foi para a Universidade de Kiel, na Alemanha, recebido como titular de uma cátedra de filosofia. Foi membro de um comitê disciplinar que expulsou alunos nacional-socialistas em 1930; após a tomada do poder pelos nazistas, Stenzel foi denunciado e suspenso, e depois transferido para a Universidade de Halle, cidade em que viria a falecer dois anos mais tarde. A esposa judia e o filho emigraram para a Califórnia em 1939. Um dos mais proeminentes estudiosos de Platão do seu tempo, além de grande historiador da matemática antiga, escreveu Studien zur Entwicklungder platonischen Dialektik (1917) e Zahl und Gestalt bei Platon und Aristoteles (1924). Em 1957, foram publicados postumamente seus Kleine Schriften zur griechischen Philosophie.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *