Discriminação e disparidades – Thomas Sowell

Discriminação e disparidades - Thomas SowellEm Discriminação e disparidades, Thomas Sowell sustenta que boas intenções nem sempre levam a bons resultados. E que, para compreender os fatos, é necessário examiná-los em seu contexto. Nesta obra, enumera as definições múltiplas, e por vezes contraditórias, de “discriminação”, analisando seu custo não só para as vítimas, mas para toda a sociedade (inclusive para os discriminadores), e apontando as armadilhas da estatística que geram uma compreensão falha a respeito das causas de desigualdades de renda, educação, moradia e criminalidade, entre outras.

Muitas teses foram propostas para tentar explicar os motivos das diferenças – sociais, econômicas e de outras naturezas – entre indivíduos, grupos e nações. Há quem defenda que os menos favorecidos são vítimas da genética. Outros creem que os menos afortunados são vítimas dos mais afortunados. Mas e se, na realidade, houver uma tentativa ignorante – ou intelectualmente desonesta – de interpretar dados estatísticos para que sirvam a agendas políticas e acadêmicas? E se existir o risco de que as ações tomadas para combater a discriminação acabem aumentando o problema?

A discriminação como explicação para as disparidades econômicas e sociais pode ter apelo emocional para muitas pessoas. Mas, ao menos, podemos tentar tratá-la, e a outras teorias alternativas, como hi­pótese testável. As consequências históricas de considerar crenças como dogmas sagrados fora do alcance da evidência ou da lógica deveriam ser suficientes para nos convencer a não percorrer esse caminho, independentemente de quão excitantes ou emocionalmente satisfatórios os dogmas políticos e as cruzadas resultantes deles possam ser, ou de quão convenientes em nos poupar do trabalho enfadonho e desconfortável de pensar sobre nossas crenças ou testá-las contra os fatos.

Por meio de uma brilhante análise empírica, Discriminação e disparidades derruba mitos, expõe falácias por trás de muitas políticas contraproducentes que tentam gerar igualdade social e desafia aqueles que acreditam ser possível se basear em um fator único – como discriminação, exploração ou genética – para explicar as disparidades encontradas no mundo.

Sobre o autor

Um dos mais influentes economistas americanos em atividade, Thomas Sowell é um destacado defensor da economia de mercado. Graduou-se em Harvard, obteve o título de mestre na Universidade de Columbia e o de doutor na Universidade de Chicago. Como intelectual público, ganhou notoriedade por, sendo negro, opor-se a ações afirmativas como cotas raciais. Escreveu mais de 30 livros e lecionou em Cornell, California, UCLA, Stanford, entre outras universidades. Colabora com The Wall Street Journal e as revistas Forbes e Fortune.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *