Diálogos VII – Suspeitos e Apócrifos – Platão

Diálogos VII – Suspeitos e Apócrifos - Platão Os diálogos “Suspeitos” e “Apócrifos”, independentemente da questão de sua autenticidade ou de sua autoria, incontestavelmente não saem da esfera das profundas indagações filosóficas de Platão, além de constituírem obras valiosas na construção do que convencionamos chamar de platonismo.

Este volume traz os Diálogos: Alcibíades; Clitofon; Segundo Alcibíades; Hiparco; Amantes Rivais; Teages; Minos; Definições; Da Justiça; Da Virtude; Demódoco; Sísifo; Hálcion; Erixias; Axíoco.

Sobre o autor

Platão (em grego antigo: Πλάτων, transl. Plátōn) foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental. Juntamente com seu mentor, Sócrates, e seu pupilo, Aristóteles, Platão ajudou a construir os alicerces da filosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental. Acredita-se que seu nome verdadeiro tenha sido Arístocles.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *