Uma Teologia da História – Gustavo Corção

Uma Teologia da História - Gustavo CorçãoAo longo de centenas de artigos de jornais escritos sobre os mais variados temas, encontramos uma sequência de artigos tratando da decadência do pensamento político em nossos tempos. O próprio autor, em determinado momento, diz estar escrevendo folhetim, um livro escrito no ritmo dos artigos de jornal, cujo tema seria uma visão da história sob prisma da teologia católica. Uma teologia da história.

Sobre o autor

Gustavo Corção (Rio de Janeiro, 17 de dezembro de 1896 – Rio de Janeiro, 6 de julho de 1978) foi um escritor, engenheiro, ensaísta e jornalista católico brasileiro, autor de diversos livros sobre política e conduta, além de um romance. Foi membro da antiga União Democrática Nacional (UDN) e um expoente do pensamento conservador no Brasil. Escreveu para diversos jornais, como Tribuna da Imprensa, Diário de Notícias e O Estado de S. Paulo. Seu único livro de ficção, Lições de abismo, é considerado uma das obras-primas da literatura brasileira, premiado pela UNESCO. Como escritor, Corção foi amplamente admirado e elogiado por nomes como Antonio Olinto, Raquel de Queiroz, Ariano Suassuna, Gilberto Freyre, Nelson Rodrigues e Manuel Bandeira.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *