Dinâmicas da História do Mundo – Christopher Dawson

Dinâmicas da História do Mundo - Christopher DawsonCompreendendo uma coleção de ensaios e escritos que percorrem quatro décadas de uma brilhante carreira intelectual, Dinâmicas da História do Mundo se apresenta como uma obra que engloba o melhor de um dos maiores filósofos da história do século XX, o galês Christopher Dawson. Tanto por sua abrangência como pela profundidade de sua visão, a historiografia de Dawson se equipara às obras de intelectuais do porte de Spengler, Northrop e Toynbee. Embora sejam muitos os temas tratados por ele, sua contribuição mais singular foi, talvez, a insistência em explicar a importância da religião e seu papel fundamental na estruturação e sustentação das civilizações. Para Dawson, a religião se comporta como a grande força criativa de uma cultura. Portanto, a perda de uma religião histórica, dentro de uma sociedade qualquer, dispara um processo de dissolução social. Por esse motivo, ele concluiu que a sociedade ocidental precisa encontrar uma forma de revitalizar sua vida espiritual, caso pretenda evitar um processo irreversível de decadência. O progresso, a verdadeira religião da modernidade, é insuficiente para garantir saúde cultural, uma vez que um cristianismo secularizado e anti-histórico seria um oxímoro, uma pseudorreligião apenas nominalmente relacionada à religião histórica do Ocidente.

Sobre o autor

Graduado em História pela Universidade de Oxford, Christopher Dawson também estudou Economia e Teologia. Foi influenciado pelas obras de Oswald Spengler e Arnold J. Toynbee e, embora tenha permanecido um estudioso independente por toda a vida, foi professor convidado de Estudos Católicos Romanos na Universidade de Harvard e de Filosofia da Religião na Universidade de Liverpool. Foi eleito para a Academia Britânica em 1943. Entre seus admiradores declarados, encontram-se gigantes como J. R. R. Tolkien e Russell Kirk.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *