Como Pensar sobre as Grandes Ideias – A partir dos grandes livros da civilização ocidental – Mortimer J. Adler

Como Pensar sobre as Grandes Ideias - A partir dos grandes livros da civilização ocidental - Mortimer J. AdlerQual a diferença entre conhecimento e opinião? O que é amor? Quem é Deus? O que é justiça? O que é beleza? Mortimer Adler apresenta aqui as Grandes Ideias, uma série de problemas de que filósofos, escritores e artistas têm se ocupado ao longo de toda a história da humanidade.

Esses são apenas alguns questionamentos levantados neste livro, que tem como objetivo encorajar o leitor ao pensamento filosófico. É isso mesmo, Como Pensar sobre as Grandes Ideias evidencia que todos somos capazes de pensar e compreender desde as questões mais corriqueiras de nosso dia a dia até as maiores abstrações que a mente humana pode alcançar. Conhecido por sua linguagem acessível e didática encantadora, o filósofo norte-americano Mortimer Adler trata filosoficamente dos mais diversos problemas humanos, tomando como base seu vasto conhecimento de literatura, história e filosofia. Adler trata de conceitos como democracia, lei, emoção e aprendizado à luz dos grandes livros e do pensamento de mais de dois milênios de civilização ocidental.

Esta obra comprova que as grandes ideias são temas inesgotáveis e que elas nos transportam a uma aventura única, na qual sempre há pioneirismo a ser alcançado – e podemos atingi-lo – valendo-nos de nossa mente. Afinal as grandes ideias estão ao alcance de todos.

Sobre os autores

Mortimer J. Adler, notável teórico da educação, abandonou a escola aos quatorze anos de idade e posteriormente frequentou a Columbia University com a intenção de melhorar a escrita e tornar-se jornalista. Não concluiu a graduação, mas recebeu da universidade o título de doutor honorário. Passou a lecionar psicologia, escreveu obras filosóficas e publicou vários livros, de linguagem acessível, sobre a filosofia e religião ocidentais. Na década de 1930, tornou-se professor da Universidade de Chicago, ajudando a fundar, entre outros institutos, o Center for the Study of the Great Ideas. Entre suas principais influências, estavam Aristóteles, Santo Tomás de Aquino, John Locke e John Stuart Mill. Nascido em família judia, converteu-se quando adulto ao cristianismo.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *