Anamnese – Da teoria da história e da política – Eric Voegelin

Anamnese - Da teoria da história e da política - Eric VoegelinAnamnese marca a mudança, no pensamento de Voegelin, da filosofia da história para a preocupação com a filosofia da consciência. É tanto uma recordação do seu próprio desenvolvimento, remontando até suas memórias de infância, quanto uma demonstração do método anamnésico aplicado a uma ampla variedade de materiais relembrados. A inseparabilidade das dimensões existencial e histórica é o cerne da filosofia da consciência de Voegelin.

Escrito para ser mais do que apenas uma coleção de ensaios, Anamnese é o volume em que Voegelin desenvolve para si mesmo a rcconceituação do que “Ordem e história”, e por definição seu tratamento filosófico central, virá a ser. Ao revisitar sua obra anterior – um desvio dos hábitos eruditos comuns de Voegelin – ele encontrou finalmente a forma literária para o tipo de meditação filosófica empírica que, fazia tempo, absorvera seus esforços.

Sobre o autor

Um dos pensadores mais originais do século XX, Eric Voegelin, alemão radicado nos Estados Unidos, foi orientado em sua dissertação por Hans Kelsen na Universidade de Viena. Tornou-se professor na mesma instituição, sendo demitido pelos nazistas após a anexação da Áustria à Alemanha. Lecionou também em Harvard, Stanford e Munique, mas foi na Universidade do Estado da Louisiana que passou a maior parte de sua carreira. Sua obra passa pelos campos da ciência política, filosofia política, filosofia da história, história das ideias e filosofia da consciência. Foi um escritor prolífico. Grande crítico de Karl Marx e dos movimentos revolucionários, exerceu influência sobre Leo Strauss e Russell Kirk.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *