A Religião Civil do Estado Moderno – Nelson Lehmann da Silva

A Religião Civil do Estado Moderno - Nelson Lehmann da Silva“Julgo este estudo historiográfico sobre a evolução do conceito de Religião Civil no Estado Moderno da maior relevância para a compreensão do que se passa no mundo e, sobretudo, do que se passa no Brasil, sempre cm disponibilidade institucional. Aqui, estamos sentindo com a maior evidência o crescimento do culto do Leviatã, esse ‘deus mortal’ anunciado por Hobbes. Desde Rousseau, de Hegel e de Marx, a nação e o partido substituíram a religião como objeto de fé, de amor e de esperança. Hobbes, em pleno século XVII, foi aquele que, em primeiro lugar, antecipou o surgimento do Leviatã, que apresentaria seus efeitos perversos em nosso século: duzentos milhões de mortos em duas guerras mundiais, inúmeras revoluções, terrorismo (…) Como historiador das ideias, Nelson Lehmann nos descreve o surgimento do monstro apocalíptico no horizonte da história de nossa civilização”.

— J.O. DE MEIRA PENNA

Sobre o autor

Nelson Lehmann da Silva foi um dos grandes professores e intelectuais de filosofia e política do Brasil. Estudou em Roma (1966-1967), na Alemanha (1967-1972) e fez seu doutorado na Califórnia (1976-1980). Também foi, por 25 anos, professor dos departamentos de História e de Ciências Políticas da Universidade de Brasília (UNB). Aberto a influências de toda sorte – leitor atento de autores conservadores e liberais, de pensadores políticos e religiosos –, partiu dos estudos em seminários e dos pendores à vida contemplativa, a certa altura arrefecidos, à atividade acadêmica e pedagógica laica.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *