A Igreja Católica e a outra – Artigos sobre a crise da igreja – Gustavo Corção

A Igreja Católica e a outra - Artigos sobre a crise da igreja - Gustavo CorçãoEstá na hora de preparar a missa da tarde, e padre antônio sente a tristeza aumentar. Esta só. Não tem com quem falar. Poderá conversar na farmácia com a turma do gamão do frederico, mas depois a volta para a casa é ainda mais pesada. Poderá perguntar a d. Emília se está melhor do reumatismo, e a d. Maria se o marido já voltou do rio. Mas não tem ninguém com quem possa falar, com quem possa desabafar, a quem possa explicar a desmedida tristeza de vestir por cima das calças uma alva sem rendas, e a quem possa dizer a saudade que tem da batina preta, a batina bendita em que um dia amortalhara o homem velho para viver em  cristo nosso senhor. E não tem ninguém a quem possa perguntar tremendo: “o que é que está acontecendo em nossa igreja? e o papa?” ou então alguém, um irmão, um padre, a quem possa dizer com medida indignação: “não pode ser! não pode ser! as portas do inferno não prevalecerão!”

Sobre o autor

Gustavo Corção (Rio de Janeiro, 17 de dezembro de 1896 – Rio de Janeiro, 6 de julho de 1978) foi um escritor, engenheiro, ensaísta e jornalista católico brasileiro, autor de diversos livros sobre política e conduta, além de um romance. Foi membro da antiga União Democrática Nacional (UDN) e um expoente do pensamento conservador no Brasil. Escreveu para diversos jornais, como Tribuna da Imprensa, Diário de Notícias e O Estado de S. Paulo. Seu único livro de ficção, Lições de abismo, é considerado uma das obras-primas da literatura brasileira, premiado pela UNESCO. Como escritor, Corção foi amplamente admirado e elogiado por nomes como Antonio Olinto, Raquel de Queiroz, Ariano Suassuna, Gilberto Freyre, Nelson Rodrigues e Manuel Bandeira.

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *