O Continente da Esperança – Alejandro Pena Esclusa

O Continente da Esperança - Alejandro Pena EsclusaAlejandro Peña Esclusa já pode falar da América Latina como um “Continente da Esperança”, enquanto no Brasil a própria palavra “esperança” se torna a cada dia mais um monopólio da propaganda oficial e ninguém mais ousa pronunciá-la em público sem sentir um repuxão na consciência. A esperança não pertence àqueles que a desejam – pertencem aos que sabem merecê-la. Entre os latino-americanos, poucos a mereceram mais do que o autor deste livro. Graças a heróis como ele, os venezuelanos podem começar a discutir planos para uma Venezuela pós-Chávez, enquanto no Brasil toda visão do futuro parece cada vez mais obscurecida pela sombra dos Lulas, dos Stédiles e dos Marcolas.

Sobre o autor

Tem 52 anos, é engenheiro de profissão, porém dedicou quase a metade de sua vida à política. Em 1998 foi candidato à presidência da Venezuela. Nessa ocasião advertiu que Chávez era “o candidato de Fidel Castro e da guerrilha colombiana”. No ano de 2001 iníciou as primeiras marchas de protesto contra Chávez. Atualmente dirige uma ONG – Fuerza Solidaria (www.fuerzasolidaria.org) – que promove a desobediência civil na Venezuela e luta para evitar que o modelo castro-comunista se expanda na região. Seu mais recente livro se intitula “O Continente da Esperança”, que circula em espanhol, inglês e português, é dedicado “a todos os povos da América, em desagravo pelos males que o regime de Hugo Chávez lhes tenha podido ocasionar”.

Veja Também

Compartilhe

Comentários

Nenhum Comentário Ainda

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *